Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 4 de janeiro de 2009

SUL DE SANTA CATARINA REGISTRA ENCHENTES DEVIDO A PRECIPITAÇÃO SUPERIOR A 300 MILÍMETROS EM 48 HORAS

RUAS ALAGADAS... MUITA ÁGUA NA PISTA... PESSOAS SENDO RESGATADAS... Nas fotos acima vemos qual é a intensidade da situação no sul de Santa Catarina. De acordo com a Defesa Civil do Estado já são 18 cidades atingidas pelas chuvas, são eles: Araranguá, Criciúma, Forquilhinha, Urussanga, Siderópolis, Lauro Muller, Ermo, Timbé do Sul, Jacinto Machado, Turvo, Tubarão, Nova Veneza, Jaguaruna, Laguna, São Martinho, Meleiro, Içara e Praia Grande. As cidades de Criciúma, Turvo, Nova Venza e Içara já decretaram situação de emergência. Em toda a região já são 372 pessoas desabrigadas e 654 desalojadas.

Na BR-101 sul o trecho está alagado com 2 metros de altura de água na pista. Mais de 100 pessoas, em sua maioria turistas, já foram resgatadas no local através de lanchas e helicópteros. O governador do Estado, Luís Henrique da Silveira esteve no sul de Santa Catarina.


De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e o Centro de de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (CIRAM), na região em 48 horas (09h do dia 02 as 09h de hoje) choveu 309.3mm em Timbé do Sul (pico de 213.2mm em 24 horas), 216.8mm em Nova Veneza (pico de 147.2mm em 24 horas), 211.0 em Pedras Grandes, 190.4mm em Sombrio, 180.4mm em Urussanga, 151.4mm em Araranguá, 135.2mm em Laguna,124.8mm no Morro da Igreja em Urubici e 105mm em Novo Horizonte.

Nas outras regiões choveu menos em relação ao sul catarinense, sendo que os maiores valores se deram no litoral norte com 86.7mm em Itajai e na Grande Florianópolis com 72.8mm em Biguaçu e 64.8 em Anitápolis.


Outro fenômeno comentado ontem e que assustou também foi o vento. as rajadas ontem a noite ultrapassaram os 60Km/h desde Florianópolis ao litoral sul, sendo que fez 89.2Km/h em Laguna e 76.0Km/h em Florianópolis.
Hoje ainda havia ventania, porém menos intensa do que ontem. As rajadas pela manhã chegaram aos 60.4Km/h em Laguna, 47.5Km/h em São José e 43.0Km/h em Florianópolis.

Na foto a seguir percebe-se o efeito do vento no bairro Capoeiras em Florianópolis, onde parte do muro de uma casa desabou. Por sorte não houve feridos.
No vídeo abaixo de minha autoria veja um pouco do mar em São José, lembrando que ali é uma baia.

video

Nas praias de mar aberto as ondas estão muito grandes, chegando aos 6 metros de altura em São Francisco do Sul hoje pela manhã, de acordo com o site Diário Catarinense. Abaixo uma foto tirada do site do jornal A Notícia, mostrando a ressaca no balneário Barra do Sul.
Hoje no decorrer da tarde o tempo abriu um pouco em algumas cidades, como vê-se na foto abaixo tirada por mim, mostrando ao fundo o Morro do Cambirela que tem 1053 metros de altitude e localiza-se em Palhoça na Grande Florianópolis. Na ilustração abaixo vemos que o ciclone extratropical (letra "B"|) já está se afastando para o alto mar.


Com isso os ventos começam a diminuir. Esse sistema está favorecendo a entrada de uma massa de ar frio (letra "A"), que já derrubou as temperaturas pelo território catarinense. No Morro da Igreja em Urubici na ultima madrugada já fez 5.7ºC. São Joaquim fez 8.3ºC. Para a próxima madrugada a previsão é de temperaturas ainda mais baixas a medida que a nebulosidade vai se dissipando e o ar vai secando. No litoral ainda teremos muitas nuvens até terça-feira, com chuva fraca nos extremos do dia. No oeste o tempo já melhora hoje. A partir de terça-feira o sol predomina em todo o Estado e o calor retorna.

DADOS:


->
CPTEC/INPE
-> INMET
->
EPAGRI-CIRAM
->
CLIMATERRA
->
A NOTÍCIA
->
DIÁRIO CATARINENSE

Nenhum comentário: