Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 20 de abril de 2009

ESTIAGEM CASTIGA PARTE DO TERRITÓRIO CATARINENSE

O gado já não aguenta, a população está sem água até para consumo. Já há racionamento de água. A solução é retirar água dos lençóis subterrâneos. Já são 53 municípios em situação de emergência, sendo eles Abdon Batista, Águas de Chapecó, Águas Frias, Anchieta, Arvoredo, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Caibi, Canoinhas, Caxambu do Sul, Celso Ramos, Cerro Negro, Chapecó, Coronel Freitas, Cunhataí, Descanso, Galvão, Guaraciaba, Guarujá do Sul, Guatambu, Iporã do Oeste, Irineópolis, Irani, Ita, Itapiranga, Jaborá, Jardinópolis, Lajeado Grande, Mafra, Major Vieira, Maravilha, Mondaí, Nova Erechim, Paial, Palmitos, Papanduva, Paraíso, Planalto Alegre, Presidente Castello Branco, Princesa, Romelândia, Santa Helena, São Carlos, São João do Oeste, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Seara, Sul Brasil, Três Barras, Tunápolis, União do Oeste e Xaxim.

Essa é a situação em que se encontra o o planalto catarinense, sobretudo o oeste e serra, em meio a essa terrível estiagem. Para se ter uma idéia, entre o dia 20 de março e hoje, São Joaquim acumulou apenas 10.2mm de precipitação, ou seja, o que chove em uma simples pancada de verão, caiu em 30 dias na cidade serrana. Outro exemplo é São Miguel do Oeste, que no mesmo período acumulou apenas 43.8mm. A maior parte da região serrana ainda acumulou nem 25mm nesses últimos 30 dias!. O número de dias em que não choveu é assustadoramente enorme. Para piorar, as massas de ar polar estão começando a ingressar em SC, provocando frio e tempo extremamente seco do paredão serrano em direção ao oeste.

Diante desse cenário, uma previsão na última saída dos modelos pode aliviar os moradores do interior catarinense. É verdade!. Não acabará com a falta de chuvas, mas trará otimismo. Repare que o tempo hoje desde a serra ao litoral foi de céu parcialmente nublado a encoberto. Na Capital a temperatura máxima ficou na casa dos 20ºC durante praticamente todo o dia. Em Minha estação particular, localizada no bairro Capoeiras, tive máxima de 20,9ºC. Todavia, apesar da seguinte condição, choveu esporadicamente em pontos isolados, senso que na maioria esmagadora das regiões nem se quer caiu uma gota d'água. Ou seja, tem nuvens de sobra e não chove!.

Esse tempo cinzento apresentado hoje na metade leste do Estado foi provocado pelo avanço de uma frente fria pelo oceano. Esse sistema entrou com bastante vento, com rajadas de 63.7 Km/h em Laguna e 50 Km/h pela Grande Florianópolis.

A tendência é que a terça-feira seja de muitas nuvens no leste em virtude da circulação da alta pós frontal (massa de ar frio) no oceano, provocando ventos úmidos de leste. Nas demais áreas do estado o sol aparece, mas pode ocorrer pancadas de chuva associada a temporais em função do calor, umidade mais alta e a chegada de um cavado (área alongada de baixa pressão) em altitude. Tal sistema deve gerar um ciclone subtropical na costa de SC na quinta-feira, sendo assim atraindo ar quente da Amazônia. Logo depois esse ciclone converte para extratropical, "puxando" ar frio do sul do continente para o sul do Brasil, contrastando com o ar quente já presente e formando uma frente fria. Após a passagem desse sistema frontal as temperaturas terão declínio. Cabe ressaltar que durante a semana as previsões podem ter alterações e por isso use-as com cuidado.

FONTE:

CPTEC/INPE
INMET
EPAGRI-CIRAM

2 comentários:

Anônimo disse...

Interessante sua estação meteorológica. Sou interessado no assunto. Como conseguiu os materiais para confecciona-la? ... e os instrumentos de medição, sei que são muito caros, onde os conseguiu, vc os confeccionou?

Ricardo B. disse...

Paulo,
Muito legal seu site também, parabéns pelos 2 anos de existência!
Também colocarei (em breve) o link do seu blog no meu site, questão de tempo, estou implementando algumas alterações, assim, quando estiver pronto adicionarei seu link.
Forte abraço,
Ricardo.

Trilha do Tempo
www.natrilhadotempo.com