Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

TEMPERATURA CHEGA A INCRÍVEIS 40ºC EM JOINVILLE

Hoje foi um dia extremamente quente em Santa Catarina, especialmente no leste. De acordo com a EPAGRI-CIRAM e INMET as máximas chegaram aos 40.0ºC em Joinville, 36.4ºC em Blumenau, 35.0ºC em Itajai, 34.8ºC em São José, 34.2ºC em Florianópolis e Urussanga e 32.9ºC em Araranguá. Florianópolis com a máxima de hoje teve sua maior temperatura desse ano. Joinville por sua vez teve a maior temperatura do verão em SC até o momento. Vai ser difícil alguem quebar esse recorde! No oeste e meio-oeste fez calor, porém os ventos de oeste com rajadas de 50Km/h atrapalharam a maior elevação das temperaturas.

Os valores de pressão atmosférica reduziram-se muito. Para se ter uma idéia, em Laguna as 19h de hoje a pressão era de
997.4 hPa ao nível do mar!, sendo que continua nessse valor ainda. Em todo o leste a pressão ao nível do mar está baixa. Na capital está em torno dos 1002 hPa.

Veja a imagem sinótica abaixo e entende o por quê do calor e da pressão baixa.
O que está provocando a pressão baixa é a presença de um ciclone subtropical (letra B) entre o Uruguai e Oceano Atlantico adjacente. Esse sistema por ter pressão baixa e por ter caracteristicas subtropicais acaba atraindo ar quente para o Sul do Brasil ao invés de ar frio. Por isso fez tanto calor hoje no Estado catarinense. Veja no mapa de temperaturas abaixo, onde a grande área avermelhada representa a massa de ar quente que o ciclone está empurrando para cá. Para o sábado a previsão é de mais um dia quente. Pode fazer mais calor que hoje. Na região de Joinville pode chegar aos 41ºC, ficando entre 30 e 38ºC nas demais áreas. No domingo e próxima semana situação semelhante. As pancadas de chuva com trovoadas no fim da tarde, típicas de verão, devem acontecer a partir de amanhã.

DADOS:

-> CPTEC/INPE
-> INMET
-> EPAGRI-CIRAM

Um comentário:

Andre disse...

André Shimutz, Curitiba-PR.

Grande, Paulo. Excelente blog. Tirou algumas dúvidas acerca do forte aquecimento que tínhamos aqui no Sul do Brasil diante das explicações precisas e corretas.

Grande abraço